Páginas

quinta-feira, dezembro 29, 2005

Apaixone-se

Em 2006 apaixone-se....

Apaixone-se definitivamente pelo SEU sonho (o sonho de ninguém deve ser mais apaixonante que o seu).

Apaixone-se pelo SEU talento (mesmo que seu crítico insista para você escolher realizar outras coisas, mais "convenientes").

Apaixone-se mais pela viagem do que pela chegada a seu destino (a primeira é garantida...).

Apaixone-se pelo SEU corpo (mesmo que ele esteja fora de forma, pois de "qualquer forma" ele é a única casa que você realmente possui).

Desapaixone-se de seus medos... Eles minam sua alegria de viver.

Apaixone-se pelas suas memórias mais deliciosas (ninguém pode tirá-las de dentro de você e elas são excelentes fontes de inspiração em momentos de dor)

Apaixone-se por aquelas besteiras saudáveis que passam por sua mente entre um e outro momento de estresse (elas ajudam a sobreviver!).

Apaixone-se pelo sol (ele é fiel, gratuito, absolutamente disponível e dá prazer).

Apaixone-se por ALGUÉM (não espere alguém se apaixonar antes por você, só por garantia e segurança).

Apaixone-se pelo SEU projeto de vida (acredite, não dá certo fazer isto a dois).

Apaixone-se pela dança da vida que está sempre em movimento dentro da gente, mas que, por defesas nós teimamos em algemar.

Apaixone-se mais pelo significado das coisas que você conquistar do que pelo seu valor material.

Apaixone-se por SUAS idéias (mesmo que tenham dito que elas não serviam pra nada).

Apaixone-se pelos SEUS pontos fortes (mesmo que os pontos fracos insistam em ficar em alto relevo no seu cérebro).

Apaixone-se pela idéia de ser verdadeiramente feliz (felicidade encontra-se de sobre nas prateleiras de seus recursos interiores).

Apaixone-se pela música que você pode ser para alguém...

Apaixone-se pelo SER HUMANO!

Apaixone-se definitivamente por VOCÊ!

Mas apaixone-se rápido!

O poder de decisão só pertence a você !!

terça-feira, dezembro 27, 2005

Amor e paixão

"O amor é cheio de armadilhas. Quando se quer manifestar, mostra apenas a sua luz - e não nos permite ver as sombras que essa luz provoca" - Paulo Coelho

Quanto controle temos sobre nossos sentimentos?

Em nome de uma racionalidade e vontade, nos enganamos dizendo que tudo pode ser controlado e contornado e que esquecer uma pessoa é apenas uma questão de força de vontade.

Aí simplesmente nos pegamos pensando nesta pessoa em momentos que não gostaríamos, onde essa pessoa sorrateiramente se esgueira em nossa mente e a toma de assalto.

Tentativas vãs de afastar aquele pensamento esgotam a mente cansando-a mostrando-nos duramente que somos emoção e não razão.

sexta-feira, dezembro 23, 2005

Feliz Natal

Obrigado por ter aparecido por aqui.

Se você recebeu o convite é porque é importante para mim.

Nessa época em que todos se confraternizam e desejam "Feliz Natal" e "Feliz Ano Novo", quero te dizer que você foi importante para mim neste ano. Foi um ano difícil para todos, porque a vida não é fácil (doce ilusão da juventude que seria). Mas as dificuldades serviram pelo menos para nos deixar mais humildes e aceitar que nem tudo está ao nosso alcance.
As alegrias surgiram aos montes e aprendemos a comemorar cada sorriso de criança ou cada momento fugaz que passou. Valor a cada momento deste deveríamos dar, porque somos feitos destes pequenos momentos de alegrias.
Os anos vão passando e vamos envelhecendo, mas selecionando também os amigos, mantendo os de longa data lá da infância e ganhando novos a cada ano que passa. Mesmo que não tenha ligado ou mandado mensagem saiba que você é sempre meu amigo(a) e gosto muito de você

FELIZ NATAL

quarta-feira, dezembro 21, 2005

Por que?

"Por que é que tem que ser assim?
Se o meu desejo não tem fim
Eu te quero a todo instante
Nem mil alto-falantes
Vão poder falar por mim
Eu não existo longe de você
E a solidão é o meu pior castigo
Eu conto as horas pra poder te ver
Mas o relógio tá de mal comigo
Por que?"
Claudinho e Buchecha

terça-feira, dezembro 06, 2005

Mais uma da Tia Marilane

Um certo dia a minha famosa e desligada tia estava indo para o trabalho.
Estranhamente notou que todo mundo acenava para ela por onde passava .
Em cada esquina ela, sentindo-se cada vez mais prestigiada, respondia aos acenos de todos.
Alegre, pensava : "Nossa, como estão todos gentis hoje"
E continuava dirigindo para o Forum...
Chegando lá, ao descer do carro viu o porquê de tanta "gentileza".
O porta malas do carro totalmente aberto...