Páginas

quinta-feira, setembro 25, 2008

Alma confusa

O post do Paulo Coelho de hoje foi um direto no meu estômago:

O abade Pastor estava certa tarde no mosteiro de Sceta quando recebeu a visita de um ermitão.
“Meu orientador espiritual não sabe como me dirigir”, disse o recém-chegado.
“Devo deixá-lo?”.
O abade Pastor nada disse. O ermitão voltou para o deserto. Uma semana depois, foi de novo visitar o abade Pastor.

“Meu orientador espiritual não sabe como me dirigir”, disse. “Resolvi deixá-lo”.
“Estas são palavras sábias”, respondeu o abade Pastor”.
Quando um homem percebe que sua alma não está contente, ele não pede conselhos - mas toma as decisões necessárias para preservar sua caminhada nesta vida.

quinta-feira, setembro 18, 2008

Momento histórico

Essa é apresentação pública do Macintosh

Hoje você está lendo esse post usando o Internet Explorer, Firefox ou o Chrome. Uma interface gráfica é quase que "natural" e você praticamente sempre usou uma.
Mas dá para notar o frisson das pessoas a ver pela 1ª vez alguma coisa do tipo (isso em 1984)

terça-feira, setembro 16, 2008

Perdas

Vi esse texto no blog do Paulo Coelho. Achei muito profundo e tocante:

Nos dias de desespero logo após a morte de sua filha, a escritora Isabel Allende recebeu a visita de sua mãe. Ela trazia um pacote de cartas que Isabel havia lhe escrito.

E disse: “esta dor é um túnel pelo qual tens que caminhar até chegar ao outro lado. Não há nenhuma maneira de evitar tal sofrimento; não há comprimidos, terapia, ou descanso. Precisas seguir adiante, até cruzar o túnel. Precisas viver cada etapa desta dor. Assimile. Ela não irá partir nunca, vai ser parte de tua natureza daqui por diante - e é necessário aceitar isto”.

A mãe estendeu as cartas. Pouco a pouco, Isabel Allende foi revivendo todo o seu calvário com a doença da filha, entendendo seu próprio amor e suas limitações. No final, cruzou o túnel e aceitou a perda

segunda-feira, setembro 08, 2008

Folhas

No chão de uma floresta, uma folha seca lamentava-se de sua sorte com as companheiras.
“Deus não deu nenhum sentido a minha vida”, queixava-se. “Enquanto estava verde, eu podia ver as montanhas, os homens e o rio que corre lá embaixo. Agora, estou aqui neste chão, e só me resta apodrecer”.

“Pois é justamente este o sentido da sua vida no momento”, disse uma companheira. “Antes você era apenas uma folha, algo que não foi feito para durar. Mas agora, você está no chão, apodrecerá, e irá virar o adubo para a terra. Em seguida, as raízes virão lhe procurar. Você retornará ao caule, será absorvida pela seiva, e se transformará de novo em folha. Este é o ciclo do Eterno Nascimento”.

Blog do Paulo Coelho

Quem garante?

Quem garante que o LHC não vai simplesmente explodir e levar todo mundo junto?

domingo, setembro 07, 2008

Musicas para casamento

O amigo "La Pasta" não acreditou, mas no meu casamento rolou rock de qualidade.
Tinha esquecido de postar, então vai agora mesmo.

Entrada do noivo: Apocalyptica - The Unforgiven



Saida: Scorpions - Love will keep us alive

sexta-feira, setembro 05, 2008

Coragem é o medo que fez suas preces

Da coragem
Ninguém é corajoso todo tempo.

O desconhecido é um desafio constante, e o medo faz parte da jornada.
O que fazer? Converse consigo mesmo. Já disse isso uma vez aqui, mas repito: falar sozinho ajuda mais do que imaginamos, porque desperta a voz de nosso anjo da guarda. À medida que falamos, uma força interior nos dá segurança para superar os obstáculos que precisam ser vencidos. Aprendemos as lições das derrotas que - inevitavelmente - vamos sofrer. E nos preparamos para as muitas vitórias que farão parte de nossa vida.

Fale sozinho. Converse com você. Mesmo que os outros achem que você ficou louco.

“O que é coragem?”, perguntou o discípulo.

“Coragem é o medo que fez suas preces”, respondeu o mestre.

quinta-feira, setembro 04, 2008

Dia de São :Nunca

Não é que o Dia de São Nunca existiu?
30 de Fevereiro já aconteceu algumas vezes na história

Está chegando a hora...

terça-feira, setembro 02, 2008

A paz vem do interior, não a procure lá fora


Portabilidade

Quem assiste a TV nem sempre tem a dimensão da complexidade de certas coisas.
Estou trabalhando no projeto "Portabilidade Numérica", em resumo você poderá trocar de operadora (celular ou fixa) e continuar com seu número.
Coisinha básica, "Porque nunca pensaram nisso antes?" deve imaginar o dileto leitor desse minifúndio pseudo-cultural.

O duro é que praticamente 100% de tudo que uma operadora usa (redes de telefonia, plataformas de serviço, sistemas de tecnologia, copiadoras, fax, lixeira, mesas, cadeiras, banheiros, lanchonete, etc) é baseado em "gamas de numeração". O que é isso?
Isso quer dizer que 11-8523-**** e 34-9109-**** sempre seriam da TIM, 34-8803-**** sempre seriam Oi e por aí vai.
Agora essa regrinha não vale mais... Aí "te vira operadora" para adaptar tudo.

segunda-feira, setembro 01, 2008

Paulo Coelho

Eu passo diariamente pelo blog do Paulo Coelho, às vezes gosto (maioria), outras não.
Hoje a mensagem me chamou especialmente a atenção
Da roupa
Nasrudin foi convidado para uma festa na casa de um homem rico. Apareceu com a túnica surrada e o turbante gasto pelo tempo.
O anfitrião mandou-o embora. Nasrudin foi à casa de um amigo, pediu suas roupas emprestadas e retornou à festa.
Desta vez, foi bem recebido e colocado em um lugar de honra.
Durante o banquete, Nasrudin ía jogando as frutas e a comida pela manga da túnica. “O grande sábio está calado e se comportando de maneira estranha”, disse o dono da casa.
“A vaidade humana prefere a aparência ao conteúdo” respondeu Nasrudin.”Cheguei como sou e o senhor não me recebeu. Mudei de roupa e me aceitaram.Então, fico quieto, já que minha palavra não interessa. E dou de comer a estas roupas, as verdadeiras convidadas da festa”.